Google+ Followers

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Faça seu próprio expositor!

Salve salve interativos leitores,

O post hoje é uma contribuição do companheiro Rodrigo Pereira. Ele solucionou o problema de espaço pras miniaturas. Problema esse compartilhado por muitos de nós.

Com uma boa ideia, um pouco de habilidade e alguns reais, ele bolou um expositor muito maneiro.

O Rodrigo mandou um passo a passo que eu vou reproduzir aqui.

História:

Colecionando as miniaturas da Marvel e da DC, meu espaço para colocar as miniaturas estava ficando apertado. Até então colocava elas expostas numa prateleira no quarto tipo colmeia, até que nela cabiam todas da Marvel, mas não estava legal. O peso estava envergando a prateleira e além do que, as miniaturas que ficavam na frente escondiam as mais ao fundo, e a iluminação dentro da colmeia não é muito boa. Precisava de um expositor melhor.

Pesquisei alguns modelos no mercado livre. Grande parte era feito de MDF para pendurar na parede, com separação feita por nichos individuais e envidraçados. Não gostei, acho legal para expor carros, fica tipo garagem, não para expor um grupo de heróis parecendo que estão num presídio. Então resolvi que queria algo no estilo “arquibancada”, dessa forma as miniaturas pudessem ficar expostas em degraus, sem perder detalhes.


Como trabalho perto do Saara no centro do RJ (um centro comercial bem popular de lojas por aqui), dei um pulo lá em uma loja que trabalha com artigos de MDF. Na loja encontrei algo parecido com o que tinha em mente, uma arquibancada para doces de festa. Era pequena, caberiam poucas minis e custava R$ 30,00.Ia precisar de umas 10 iguais e bastante espaço. Essa hipótese foi descartada e sem mais opções resolvi que ia desenhar meu próprio projeto.

Como já tenho fechado o número de miniaturas da Marvel que quero colecionar (80), resolvi começar por esse dimensionamento. Precisava de um expositor escalonado tipo arquibancada com 8 degraus (sendo 2 degraus maiores para minis especiais como o Hulk, Colossus, etc; e 6 degraus para as minis regulares) espaçados em altura por uns 2-3 cm.

Pesquisei algumas madeireiras e lojas de acrílico para mandar fazer o projeto. A cotação do acrílico foi absurdamente cara (+-R$ 600,00 + frete). As madeireiras perto de casa alegaram que não cortavam MDF pois a serra deles era muito grossa. A cotação do projeto em corte de MDF a laser saía tão cara quanto o acrílico. Bom, sem mais opções e não tendo isso tudo de dinheiro, mãos à obra! Comprei o material necessário e fiz eu mesmo. Segue abaixo meu esboço inicial, a lista de materiais e o passo-a-passo com todo ferramental utilizado e os resultados.

Esboço:

Materiais:
 8 Placas MDF cru 40x40 - R$7,00 cada
 2 Placas de isopor 20 - R$5,00 cada
 Lixa d’Água nº 300 - R$2,00 cada
 2 Tubos Cola Cascorez - R$5,00 cada
 Tinta Acrílica Fosca 500ml - R$6,00 cada
 Massa Acrílica Interiores - R$20,00 a lata
Folha de feltro - R$5,00 cada


Observação: Esses foram os materiais que utilizei para o meu dimensionamento. Dependendo da necessidade, podem variar em quantidade, tamanho, cor e preço. 

Passo a Passo e Resultados:

Para melhor estabilidade, fiz o expositor maciço, a estrutura dele é um sanduíche MDF/Isopor/MDF.

O primeiro passo foi marcar as placas de MDF e de isopor onde deveriam ser cortadas, de acordo com o tamanho de cada degrau. Para diminuir as imprecisões, utilizei uma régua e lapiseira. Já marcadas as placas, as de MDF foram cortadas com arco de serra (era o que eu tinha em casa, não tenho serra tico-tico, tampouco bancada) e as de isopor cortadas com estilete. Convém lixar as peças para remover rebarbas e facilitar a aderência da cola.

O segundo passo foi espalhar a cola Cascorez pelas superfícies e colar as placas. O ideal é deixar a cola secar bem de um dia para o outro, ou mais. E colocar bastante peso em cima.

O terceiro passo foi emassar com massa acrílica as partes expostas em isopor, assim se remove as irregularidades dos buracos que o isopor deixa. Esperar secar (1 dia) e lixar para remover as irregularidades da massa. 

O quarto passo foi colar as placas de MDF laterais e a de trás. Para ajudar a fixação da placa durante a secagem da cola, utilizei uns sargentos que tinha em casa. Para não arranhar minha mesa, colei um pedaço de tecido feltro na parte de baixo.

O quinto passo foi a pintura. Enquanto estava secando a cola do passo anterior, dei a primeira demão de tinta. Optei por utilizar tinta preto fosca pelos seguintes motivos: (1) é um projeto de marcenaria totalmente amador, tinta preta esconde as imperfeições da peça. Mesmo emassando e lixando para deixar o mais plano possível. (2) tinta branca suja mais fácil e amarela com o tempo. (3) tinta preta combina com tampo da minha mobilha onde vai ser colocado.Ao todo foram duas demãos. 

Rodrigo Pereira

Gostei muito do resultado do projeto do Rodrigo e com certeza vou tentar construir uma parecida.

Espero que essas dicas possam ajudar o maior número possível de colecionadores, indivíduos especialistas em otimização de espaços!

Agradeço ao Rodrigo pela imensa colaboração.

Valeu pela visita!

4 comentários:

  1. Show de bola Gui! Espero ter contribuido p galera e p vc! Qnd fizer o seu expositor se tiver alguma duvida pode mandar um whats!
    Abração!

    ResponderExcluir
  2. Excelente ideia! Vi expositores iguais a este quando fui para os Estados Unidos este ano. Tentei comprar, mas nenhuma loja vendia, era só pra expor mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Obrigado! Verdade ninguém vende pronto. E aquela coisa como descrevi, pra mandar fazer custa um absurdo!
    Dependendo da sua criatividade e paciência, você pode fazer a base de tipos trapezoidal ou circular. Na loja tinha placas de MDF cru circulares.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns. Me espelhei neste projeto para fazer um expositor para meus carros de F1 escala 1:43 da Eaglemoss.

    ResponderExcluir